Pacientes Inadimplentes: O Que Fazer?

Um dos maiores desafios de qualquer dentista é ter que lidar com pacientes inadimplentes, pois isso acaba afetando todo o planejamento. Apesar de passarmos por um momento um tanto conturbado no país, e com um aumento crescente de inadimplência, é mais do que necessário encontrar uma maneira para contornar esse tipo de situação.

Se você está passando por isso no seu consultório, é preciso avaliar o que pode estar acontecendo. Será que seus pacientes deixaram de pagar apenas porque estão passando por um momento difícil ou porque os valores cobrados estão muito altos?

Na verdade, há uma série de fatores envolvidos, e é justamente por isso que preparamos esse artigo: para lhe ajudar a encontrar uma forma de resolver esse problema e principalmente, não perder seu cliente.

Entenda o que causou a inadimplência

Antes de você sair cobrando os pacientes inadimplentes, é fundamental procurar entender por que deixaram de pagar, em especial, clientes mais antigos. Então veja algumas possíveis causas e assim, você pensa em uma melhor estratégia para abordá-los:

  • Se endividaram: isso é muito normal principalmente no início do ano, por conta do Natal, IPVA, matrículas escolares, etc;
  • Perderam o emprego: a inadimplência pode ter sido causada pela perda de emprego;
  • Esquecimento: com a correria do dia a dia, o cliente pode simplesmente ter se esquecido.

Essas são as causas mais frequentes da inadimplência. Por isso que antes de você cobrar, procure saber o que pode estar acontecendo. Por exemplo, se é um cliente que sempre pagou em dia e atrasou, é importante tentar resolver o problema da forma mais amena possível.

Pacientes inadimplentes: o que fazer?

Agora que você já sabe as principais causas da inadimplência, é o momento de se sentar e conversar com seu paciente. Mas como fazer isso?

Então, tudo vai depender do histórico do cliente. Se é a primeira vez que isso aconteceu ou é um fato recorrente.  Mas, independentemente da causa, é essencial manter um relacionamento o mais próximo possível e sem falar na flexibilidade.

Tenha em mente que, os pacientes inadimplentes, na maioria das vezes, querem pagar e é claro que você quer receber. Por isso não seja muito radical e procurem juntos chegar a um acordo, que seja um valor razoável para eles, assim como para você.

A principal ideia aqui é que seu cliente perceba que você entende a situação e que está encontrando a melhor forma para resolver. Isso faz com que não perca seu cliente e ele ainda possa te indicar para outras pessoas.

É óbvio que existem exceções, onde o caminho é a cobrança judicial. Mas o ideal é não chegar a esse ponto!

Como fazer a cobrança de pacientes inadimplentes

Como você viu, existem casos e casos. E para cada um, a abordagem é diferente. Talvez tenha que ser um pouco mais incisivo em alguns, mas sempre procurando olhar também o lado do paciente. Ninguém está livre de acontecer um percalço na vida e não conseguir honrar com seus pagamentos.

Mas a partir do momento que você consegue entender, pense em conversar com o cliente da maneira mais amena possível, e com certeza, à medida que vocês conseguem manter um diálogo aberto, será muito mais fácil chegar a um consenso quanto ao pagamento.

error: Content is protected !!
0

Your Cart