Fotopolimerizador: Para que Serve?

fotopolimerizador-para-que-serve

Fotopolimerizador: Para que Serve?

Antes de saber para que o fotopolimerizador serve, é importante saber o que é.

Então, é um aparelho de luz no espectro azul com comprimento de onda de cerca de 470 nanômetro que ativa a canforoquinona presente na resina e produtos odontológicos, endurecendo-os.

Dessa forma, a intensidade de luz emitida pelo fotopolimerizador é essencial para a durabilidade dos procedimentos restaurados utilizados.

O mercado disponibiliza atualmente aparelhos à base de LED, mas aqueles de luz halógena ainda continuam bastante utilizados.

 

O que é polimerização?

Basicamente é o processo de endurecimento das resinas, através da sensibilização de uma molécula fotoativadora presente na resina, por meio da luz.

Os aparelhos são compostos por uma lâmpada com filamento de tungstênio (bulbo e refletor), sistema de refrigeração e fibras óticas para a condução da luz, o qual funciona como uma resistência que é aquecida pela corrente elétrica, produzindo assim uma radiação eletromagnética.

 

Para que serve?

As principais funcionalidades do fotopolimerizador são:

  • Fotopolimerização de resinas compostas, ionômeros e adesivos;
  • Sessões de clareamento dental à base de peróxido de hidrogênio 35%
  • Colagem de brackets e acessórios ortodônticos.

Em relação às restaurações, sabe-se que o insucesso do procedimento se deve à polimerização insuficiente da resina composta. Isso é que leva às manchas superficiais nos dentes.

Agora, para medir a intensidade da irradiação, é necessário um outro aparelho, o radiômetro, o qual utiliza diferentes escalas de medida.

Vale lembrar que se deve realizar uma manutenção periódica nos aparelhos, pelo menos, a cada seis meses. E fazer a reposição necessária, de acordo com os fabricantes.

error: Content is protected !!
0

Your Cart